Artigos

Análise de pontuação do Campeonato do Mundo de Surf Masculino de 2013

Autores:
  • Oliver R. L. Farley
  • Ellen Raymond
  • Josh L. Secomb
  • Brendon Ferrier
  • Lina Lundgren
  • Tai T. Tran
  • Chris Abbiss
  • Jeremy M. Sheppard
Estudo de baixa relevância
Artigo na íntegra

O estudo comparou as pontuações obtidas pelos 10 atletas com classificação mais alta e mais baixa no 2013 World Championship Tour (WCT) masculino de surf. Diferenças significativas (p <0,001) foram identificadas entre as pontuações médias das ondas dos dois grupos, as pontuações totais médias e as baterias totais disputadas. Além disso, o desvio padrão médio (DP) da pontuação de cada surfista foi significativamente diferente (p = 0,020) entre os dois grupos. Correlações moderadas significativas foram identificadas entre a colocação média dos atletas e o DP de suas pontuações de ondas (r = .596, p = .006) e as pontuações de calor total (r = .474, p = .035). Medidas repetidas A ANOVA também revelou diferenças significativas entre as pontuações de calor obtidas durante a rodada final e todas as rodadas anteriores (p <0,001-0,01). 

Em conclusão, surfistas com classificação mais alta alcançaram pontuações mais altas de ondas e totais de calor e foram mais consistentes na pontuação. Em média, um aumento de 1,04 ponto por pontuação de onda permitiria que um surfista classificado entre os 10 primeiros chegasse ao top 10, um ganho pequeno, mas impactante.