Artigos

Análise das lesões do surfe num cenário de trauma agudo

Autores:
  • Jubbal K.T. e col.
Estudo de alta relevância
Artigo na íntegra

Local: Division of Plastic Surgery, University ofCalifornia, San Diego, CA e Division of Plastic Surgery,Medical University ofSouth Carolina, Charleston, SC.

Fonte: Annals of Plastic Surgery • Volume 78, Supplement 4, May 2017 

ISSN: 0148-7043/17/7805–S233 DOI: 10.1097/SAP.0000000000001026

Objetivo: abordar as informações sobre lesões traumáticas agudas no surf, incluindo padrões de lesões, curso de hospitalização associado e fatores de risco. A compreensão dos padrões de lesões nos acidentes de surf é crucial para o gerenciamento adequado das lesões no surf. 

Métodos: análise retrospectiva de todas as lesões relacionadas ao surf em um centro de trauma nível 1 entre 2000 e 2016 no principal centro de surf de San Diego. 

Resultados: Foram identificados 93 pacientes. As partes do corpo mais comumente afetadas incluem a cabeça (42, 46%), a face (21, 22%) e a coluna vertebral (47, 51%). Vinte e oito (30%) pacientes necessitaram de intervenção cirúrgica, incluindo 19 para lesões na coluna vertebral, 3 para lesões faciais, 4 para lesões na extremidade superior e 2 para lesões na extremidade inferior. A distribuição para a maioria das apresentações (55, 59%) ocorreu nos meses de verão entre julho e setembro. O Injury Severity Score demonstrou forte correlação positiva com o tempo de internação, com um coeficiente de Pearson de 0,52 (P <0,01). O tempo médio de internação foi de 5,8 dias, sendo necessário atendimento em nível de unidade de terapia intensiva em 49% (46) pacientes e tempo médio de permanência em unidade de terapia intensiva de 5,5 dias. O teor de álcool foi testado em 84% (78) dos pacientes e encontrado positivo em 10% (8) dos pacientes testados. A triagem de medicamentos foi realizada em 70% (64) pacientes e foi positiva em 38% (24) dos pacientes testados. 

Conclusões: O surf, apesar de ser um esporte relativamente seguro, não apresenta grandes riscos. Em contraste com outros estudos, encontramos uma alta proporção de lesões na cabeça, face e coluna vertebral em pacientes com lesões no surf no cenário de trauma, consistente com a sua apresentação como lesão de alta velocidade e alto impacto. Com os cirurgiões plásticos frequentemente tratando lesões graves na cabeça e na face, é crucial entender o padrão de lesões em acidentes graves de surf para um gerenciamento adequado. Altas taxas de triagem positiva para álcool e drogas sinalizam a importância de conscientizar os perigos do surf sob a influência.

Opinião SID: 🤙🤙🤙. Analise Retrospectiva de um centro de referência. Monstra que as lesões de Cabeça e Cervical são expressivas no surfe. Além disso, a temporada de verão com dias mais cheios também exerce influência na incidência traumática.

DICA SID: Proteja sempre a cabeça e a cervical no momento da queda. Evite ingestão de bebidas alcoólicas antes de surfar e cuidado com os dias mais cheios.